Chile: pertinho, fácil, gente amigável, cotação ok (mas lá está um pouco caro) e lindo demais! Hoje vou falar sobre algumas dicas sobre o que levar para o Chile no quesito documentação necessária pra entrar tranquilo lá e não passar nenhum tipo de perrengue.

Além disso, adicionei nesse post sobre o que levar para o Chile, algumas curiosidades boas de saber antes da sua viagem.

Documentação

Como o Chile é um país que tem um acordo diplomático com outros países na América do Sul, você pode entrar só com seu documento de RG, ou seja, se você ainda não tem um passaporte, tudo bem.

Só lembre que hoje em dia RG válido tem que ter no máximo 10 anos de emitido. E a carteira de motorista não é válida – nesse caso apenas RG e passaporte. Você pode usar a carteira de motorista apenas para dirigir lá.

A imigração lá é bem tranquila também, mas lembre que não pode levar frutas, sementes, carnes, etc. Isso nunca pode levar pra lugar nenhum, tá?

+Reserve já a sua hospedagem no Chile

Visto para o Chile

Nós, brasileiros, também não precisamos de visto para turistar por lá. É claro que, se for trabalhar ou estudar, precisará verificar a necessidade de um visto específico e prazo do mesmo. Mas para passear, tá liberado.

Seguro Viagem para o Chile

Agora sim, obrigatório. Sempre que viajamos pra fora do país, é necessária a emissão do seguro. Isso é algo bom pra você mesmo. É a forma que você tem de ter assistência rápida e eficaz fora de casa – além da segurança que isso te traz, né!

Alguns países (Europa, por exemplo) vão exigir isso logo na imigração. Geralmente eles pedem esse documento junto com os outros. No caso do Chile, nunca vi pedirem na entrada. Mas, por via das dúvidas, sempre leve junto tudo.

Seguro aqui pra América do Sul é baratinho e tem muitas opções de franquias e tal. Você pode dar uma olhada aqui no Seguros Promo, que é um site que centraliza cotações de todas as empresas.

Vacinas

Também tá fácil nesse setor. Por enquanto o Chile não exige nenhuma vacina para brasileiros. Digo “por enquanto” porque isso pode mudar sim. Pode mudar caso haja qualquer tipo de epidemia aqui ou lá. Então é sempre bom ficar de olho.

Que roupa levar para o Chile?

O Chile é um país totalmente eclético, hahaha. Quando eu digo que tem de tudo, é porque tem de tudo mesmo! Do deserto às geleiras da Patagônia, do turismo aventureiro de trilhas e parques às visitas em vinícolas chiquérrimas, de capital efervescente e moderna a ilha cheia de História pra contar. Sendo assim, é, você vai ter que analisar bem pra onde vai e quando.

No Atacama você vai precisar de roupas de verão e de inverno. De dia muito calor, mas a noite já é mais frio, além de passeios que começam super cedo e as temperaturas são hiper baixas. Claro, na bolsa leve um biquini para curtir as águas quentinhas da região. É, to falando, lá é 8-80.

o que levar para o Chile?

Santiago e região já é mais cara de cidade com clima normal de cada estação. No verão é BEM quente, e no inverno é BEM frio. Não à toa uma das maiores estações de esqui da América do sul fica bem ali, o Valle Nevado.

Toda a parte ali embaixo de Santiago, até mais ou menos Chillán, segue a mesma premissa de Santiago. Com estações marcadas. Já chegando em Chillán, o verão já não é exatamente VERÃO. Na cidade em si, é quente ainda, mas o bacana da visita ali é o Valle las Trancas, um hit de inverno também.

Dali pra baixo, já é tudo mais frio. Mesmo Pucón, Villarica, Puerto Varas e arredores, que os chilenos vão pra curtir o verão porque é a região dos Lagos, pode ser traiçoeira. A dica máxima é: fique mesmo de olho na previsão de tempo por ali.

quando ir ao Chile

E de Puerto Varas pra baixo, é Patagônia. É inverno sempre, é neve sempre, é frio sempre, só varia se é mais frio ou um pouco menos frio. Se for fazer uma viagem saindo de Santiago e indo até Chiloé, por exemplo, a mala terá que ser completa: de biquini a pantufa.

Outro detalhe: se for visitar parques, leve roupas para trilhas. Tênis, botas apropriadas, mochila, roupa com capuz, roupa impermeável, etc. As trilhas lá tem de bem levinhas, a super profissionais de vários dias.

Quando ir ao Chile?

Se quiser curtir verão mesmo, a área é Santiago e as praias. E sim, na época do verão, que é igual aqui. Se quiser curtir o inverno, tem 2 opções: ir para a Patagônia em qualquer época do ano, ou ir para qualquer lugar dali, na época de inverno.

Para esquiar gastando “menos” (menos porque esquiar é meio caro mesmo), pode estar tranquilo em Santiago usando Valle Nevado. Se quiser outra estação, Chillán está super legal e lindo, mas já o custo sobe, não só pelas estações e hospedagens, mas porque já vai gastar mais um pouco indo até lá.

Já na Patagônia, eu não te garanto que tenham muitas pistas para isso. Por ser um inverno muito mais pesado, talvez o turismo lá seja um pouquinho diferente e muito mais pesado e custoso.

Curiosidades sobre o Chile

Interruptor de luz pra fora do banheiro

Olha, uma coisa curiosíssima e que só to escrevendo porque soube é que em MUITOS hotéis, restaurantes e lugares turísticos o interruptor fica do lado de fora do banheiro“Ah, mas que bobeira contar isso”. Bobeira nada! Economize o seu tempo, já olha isso. Sério.

Água potável nos hotéis

Que coisa maravilhosa é o Chile e suas águas azuis! Basicamente em todos os hotéis, a água da pia é potável. Isso significa que você não precisa gastar comprando água pra tomar no hotel e/ou gastar uma fortuna no frigobar. Vai direto da torneira mesmo. É confiável. (mas pergunta no seu hotel antes se a deles é, né?)

+Ler também: 5 razões e 5 dicas para viajar sozinha pelo menos uma vez!

Gorjetas

Então, aqui vem o caso. Lá, eles não cobram 10% nos restaurantes. Nunca. Em nenhum deles. Porém, na sua conta vem embaixo o valor sugerido ou, quando não vem, espera-se que você faça a conta.

A verdade é que você não é obrigado a pagar se não quiser, afinal, é gorjeta apenas. Geralmente eles atendem super bem, até visando isso, mas como a comida está cara no Chile, as vezes dá um peso considerável no valor. Mas normalmente nos países onde funciona dessa forma, fica um clima meio esquisito quando você não paga nada de gorjeta, rs.

Couvert sempre incluído

Ainda no quesito “restaurante”, uma coisa que achei fantástica é que o couvert não é cobrado. Bem, quer dizer, certamente tem um valorzinho embutido lá na sua refeição, mas pedindo ou não, você não altera o valor final. Então… que venha o couvert!

Sempre vem, sempre gostoso e não é esses absurdos daqui sabe, que vem UMA cestinha com 1 pão pra cada um e cobra-se R$ 7 por pessoa na mesa. Lá não tem isso. Pode comer o que vier na mesa que é seu e não é cobrado a mais não.

Resumão do que levar para o Chile

  • Passaporte ou RG
  • Carteira de motorista se for dirigir
  • Seguro Viagem
  • Dinheiro em espécie para gorjetas
  • Roupa adequada para cada região

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje sobre o que levar para o Chile e até o próximo com mais dicas de viagem! <3